O programa minha casa minha vida é conhecido por realizar o sonho da casa própria para muitas famílias, fazendo assim, que elas saiam de uma vez por todas do aluguel. Existem algumas regras para fazer a inscrição no programa, que é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal. A instituição criou o simulador Minha Casa Minha Vida para ajudar quem deseja participar do programa.

Com ele é possível ter noção das parcelas, por exemplo, já sabendo previamente se cabe no seu bolso. Confira com detalhes.

Como Simular os Valores do Minha Casa Minha Vida

Simular os valores dentro da ferramenta criada é extremante prático e fácil, você pode fazer isso online.

Siga o passo-a-passo:

  • Comece entrando no site oficial para realizar a simulação: https://caixa.gov.br/;
  • Informe a categoria do financiamento, por exemplo, selecione se o imóvel é novo, usado, se é um terreno, etc;
  • Agora, coloque o valor aproximado;
  • Informe estado e cidade;
  • Na próxima etapa é necessário colocar seus dados pessoais, como seu CPF, renda mensal bruta, data de nascimento, entre outros;
  • Com esses dados o sistema vai te dar algumas opções e os resultados para a sua simulação.
Como Usar o Simulador Minha Casa Minha Vida
Como Usar o Simulador Minha Casa Minha Vida

Quem tem Direito ao Minha Casa Minha Vida

O programa tem suas regras, sendo assim, nem todas as pessoas se enquadram para financiar o seu imóvel contando com o Minha casa Minha vida.

Confira os requisitos para ver se o seu caso se encaixa:

  • A renda familiar bruta não deve ultrapassar os 7 mil reais, esse é o valor máximo aceito pelo programa;
  • O valor da renda mensal bruta determina os juros, o tempo de financiamento, o valor das parcelas;
  • Contudo, falando em parcelas, a mesma não pode ser superior a 30% da renda familiar, é uma forma do programa garantir que aquela família terá condições de arcar com a dívida;
  • Ter no mínimo 18 anos;
  • Não ter nenhum tipo de imóvel, mas pode ter terreno, sem nenhuma casa construída;
  • Não pode ter participado de nenhum programa de habitação, seja estadual, municipal ou federal;
  • É preciso estar com o nome limpo em órgãos como o SPC e SERASA;
  • O FGTS não deve ter sido utilizado para nenhum financiamento nos últimos 24 meses.

Inscrição Minha Casa Minha Vida

Se você cumpre os requisitos mencionados acima, pode começar a pensar no processo de inscrição no Minha Casa Minha Vida.

Qualquer brasileiro ou estrangeiro naturalizado no país pode realizar o processo, mas tal processo é feito somente de maneira presencial.

Procure a agência da Caixa Econômica Federal mais próxima de sua casa.

No dia é necessário ter em mãos alguns documentos em formato original, confira a lista:

  • Registro Geral (RG);
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Comprovante de residência atualizado (pode ser uma conta de luz ou água, por exemplo);
  • Extrato atualizado do FGTS);
  • Última declaração do IRS (ou declaração que não é obrigada a declarar);
  • Certidão de casamento (se aplicável no caso);
  • Carteira de trabalho.
Cadastro Minha Casa Minha Vida
Cadastro Minha Casa Minha Vida

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui