A Mercado Moderno é a única brasileira entre as 31 galerias que participam da Design Miami. O galerista Marcelo Vasconcellos escolheu levar o designer Hugo França. O gaúcho desenvolve esculturas mobiliárias a partir de resíduos florestais - árvores condenadas naturalmente, por ação de intempéries ou pela ação do homem. A intervenção mínima gera peças únicas.

Em entrevista à Bamboo, Marcelo explicou que, em feiras, prefere apostar num único designer. "A curadoria não pode ser aleatória, tem que ter foco", diz. Apesar do nome da galeria, ele escolheu um designer contemporâneo. "Já levo o moderno para outras feiras. Para a estreia da Mercado Moderno na Design Miami, achei que deveria ser um contemporâneo de reconhecimento internacional, como Hugo França", completa. O trabalho de Hugo é muito conhecido por estrangeiros devido ao mobiliário que desenvolveu para o Inhotim.

Se o design brasileiro moderno já ganhou a valorização internacional, é bom saber que nomes atuais também estão trilhando caminhos de sucesso lá fora.

mercadomodernobrasil.com.br