O característico estilo de vida baiano, alegre, sociável e vibrante, dita as regras de convívio no apartamento projetado pela arquiteta Patricia Martinez no bairro Vila Nova Conceição, em São Paulo. Há cerca de dez anos morando na capital paulista, os proprietários, um casal com três filhos, fazem questão de preservar as influências culturais da Bahia e de incorporar tais hábitos ao dia a dia da família. Aos fins de semana, a casa está sempre cheia de amigos, que são recebidos ao som de instrumentos musicais e acomodados ao redor da cozinha, onde a anfitriã costuma preparar pratos típicos do Nordeste, como a tradicional moqueca. 

A dinâmica familiar foi determinante para a definição das diretrizes do projeto. A área social, ampla e contínua, tem living e salas de TV e jantar conectados e conta ainda com uma ilha gourmet. Para aumentar ainda mais o espaço de estar, a varanda, existente na planta original, foi transformada em ambiente interno. Com o intuito de facilitar a limpeza e a manutenção e de atender ao desejo dos moradores por uma casa cujo uso fosse prático, o piso de mármore foi descartado e a escolha recaiu sobre o porcelanato fosco.

Apesar do protagonismo da área social, que ocupa a maior parte da planta de 360 m2, o apartamento conta ainda com uma área intima composta por quatro quartos – um para o casal, outro para as filhas gêmeas e um terceiro para o menino. O quarto dormitório é o de hóspedes, bastante necessário na dinâmica da família, que costuma receber parentes de outros estados. 

“Não foi fácil combinar a minha estética sutil e minimalista com a atmosfera vibrante dos proprietários. O estilo deles é mais carregado de grafismos e cores e eu precisava trazer essa energia de alguma forma para os espaços, adaptando a linguagem com a qual estou acostumada a trabalhar”, diz Patricia. A solução foi combinar uma base espacial neutra e clara, que traz amplitude e luminosidade para os ambientes, com elementos característicos do modernismo brasileiro. O quartzo nacional taj mahal reveste a lareira e o volume da ilha gourmet, enquanto a madeira pau ferro e a palha foram usadas na estante do living.

Veja o projeto completo na edição de outubro da Bamboo, nas bancas.