A arquiteta Fernanda Marques se aventura pelo mundo da joalheria. Não só ela decidiu explorar novos caminhos como designer, mas também novos estilos. Conhecida por criar interiores contemporâneos e sofisticados, desta vez ela optou pela exuberância e organicidade. Sua primeira coleção de joias foi feita em parceria com a Grifith.

"Existe muito de orgânico na coleção, sem dúvida, mas também vejo uma racionalidade oculta, como na natureza", revela Fernanda, que se baseou no corpo humano para criar peças repletas de movimento e texturas, fugindo das linhas retas.
 
Composta por quatro jóias - uma gargantilha, um anel, uma pulseira e um par de brincos -, a linha é de prata natural e recebeu um tratamento envelhecido, com banho de ouro rosé. Tiras de couro e diamantes negros completam as peças, tudo pensado para imprimir personalidade e força às peças.
 
"Penso que usar uma joia, fatalmente, vai colocar você em evidência. Se fazer presente faz parte da história da joalheria", conclui Fernanda.