Em sua 26ª edição, a Casa Cor Rio 2016 volta a ocupar a mansão Casa Rosa, como é conhecida na Gávea, para exibir o melhor da arquitetura e do design de interiores, de 11 de novembro a 20 de outubro. Ao todo 67 profissionais assinam 45 ambientes nos mais de 5.000 m² de terreno, que incluem um enorme jardim assinado por Burle Marx e recantos inusitados como um lago e uma fonte. Confira, abaixo e na galeria de fotos, dez ambientes da mostra de decoração.

Quarto do Casal, de Adriana Valle e Patricia Carvalho
Pensado como um ambiente para se passar o dia inteiro, a dupla de arquitetas Adriana Valle e Patricia Carvalho transformou o quarto de 40m² em um espaço multifuncional. Há o canto de dormir, o de ler e relaxar, o escritório e o dedicado à mulher, marcado pela presença da penteadeira. Tons naturais como o branco e o fendi se aliam a pinceladas de azul e amarelo para compor a atmosfera atemporal, que harmoniza perfeitamente de móveis contemporâneos a peças de antiquário.

Livraria, de Alexandre Cardim
Para projetar o espaço da Livraria, o arquiteto Alexandre Cardim se afastou do conceito convencional de loja para criar uma atmosfera mais lúdica, como pede o universo dos livros. A estante Giorno, de linhas retas, foi combinada com cores neutras, como verde e areia, para proporcionar um ambiente aconchegante e intimista. Livros da Unisaber sobre arte, design e arquitetura dividem espaço com objetos decorativos vindos de diferentes regiões do mundo, referências às viagens realizadas pelo arquiteto.

Living Gourmet, de Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz
Sóbrio e minimalista, o Living Gourmet foi criado pela dupla de arquitetos Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz. Construído fora da casa principal, com 70 m², o ambiente é ideal para reunir os amigos sem invadir a privacidade da família. Vidro, metal, concreto e madeira dominam os revestimentos e peças em tons de cinza e preto reforçam a atmosfera industrial do espaço.

Atelier Detox, de Andrea Duarte e Anna Malta
Como o próprio nome sugere, o ambiente criado pela dupla Andrea Duarte e Anna Malta foi pensado como antídoto para o stress e a vida caótica da cidade. A atmosfera tranquila do Atelier Detox é alcançada com a paleta de cores neutras, em que predominam tons rosados, azuis e gelo. A presença do cavalete de pintura reafirma o propósito do espaço, ideal para o lazer e para a inspiração da mente.

Joalheria, de Angela Meza e Patricia Meza
Para o espaço da Joalheria, as arquitetas Angela e Patrícia Meza fazem questão de lembrar o público que toda joia um dia já foi uma pedra bruta. Em um jogo de dualidades entre o rústico e o sofisticado, o bruto e o polido, os revestimentos robustos da parede e do piso fazem alusão às pedras brutas, enquanto a marcenaria em tons claros, totalmente customizada para atender as necessidades do espaço, torna-se a pedra preciosa da joalheria.

Jardim Recanto do Lago, de Anna Luiza Rothier
Sempre inspirada nos jardins tropicais de Burle Marx, que por coincidência rodeiam o casarão onde acontece a Casa Cor Rio, a paisagista Anna Luiza Rothier homenageou o grande mestre brasileiro ao manter as plantas já existentes e acrescentar seu toque pessoal ao ambiente. Mesas, poltronas e até mesmo uma churrasqueira portátil compõem o Jardim Recanto do Lago, fazendo do local não apenas um espaço de contemplação, mas um ambiente de lazer para ser desfrutado por amigos e pela família.

Estar do Jardim, de Bebel Niemeyer e Maria Pia Marcondes Ferraz
O ambiente externo e sem cobertura não impediu a dupla Bebel Niemeyer e Maria Pia Marcondes Ferraz de projetar para o Estar do Jardim um espaço como qualquer outro de dentro de casa. Foram selecionados móveis, tapetes e até luminárias – a maioria de alumínio e de madeira tratada – resistentes a chuvas e ao desgaste natural. O balanço, instalado na árvore existente, garante o tom bucólico. Além de uma ótima opção para quem busca maior contato com a natureza, o charmoso jardim é prova de que até mesmo áreas externas podem – e devem – ser bem aproveitadas.

Cozinha, de Bianca da Hora
Mais do que um ambiente para preparar iguarias, a cozinha é também um lugar de conversas, trocas e experimentações. E para a arquiteta Bianca da Hora, o espaço tem tudo para ser ideal para o público masculino. Foi para eles, gourmets e chefs de ocasião, que o projeto foi desenvolvido. Os armários têm acabamento que imita metal oxidado, mesmo revestimento utilizado para o refrigerador embutido. O cooktop e a adega climatizada ganham a companhia da estante de vergalhão, desenhada pela arquiteta.

Pavilhão íntimo, de Bruno Carvalho e Camila Avelar
Formas simples e mobiliários sofisticados marcam o design de interiores do Pavilhão Íntimo, assinado por Bruno Carvalho e Camila Avelar. Delicado e minimalista, o espaço para descanso valoriza a natureza ao redor empregando materiais naturais e minerais como o concreto, o aço e a pedra. A arquitetura atemporal e monocromática encontra seu contraponto nos móveis coloridos.

Garagem de Estar Renault, de Caco Borges
Para a Garagem de Estar Renault, o arquiteto Caco Borges encontrou a inspiração do projeto no surfe e nas praias cariocas. Com ar jovem e descontraído, o espaço, predominantemente em tons crus, dá destaque às gravuras assinadas pelo artista húngaro Victor Vazarel. A cobertura e a fachada de vidro reflexivo isolam o calor, enquanto as cortinas e os toldos possuem reflexão solar, ótimas ferramentas para o clima ensolarado do Rio.

casa.abril.com.br/casa-cor/mostras/rio-de-janeiro