Montado em uma bicicleta e munido de algumas orquídeas, Alessandro Marconi logo descobriu que de pequenas mudanças surgem grandes resultados. O jovem orquidófilo, ao lado da esposa, a produtora Carolina Sciotti, é a mente por trás do projeto Mil Orquídeas Marginais, uma iniciativa que prevê transformar a paisagem ao longo do rio Pinheiros, em São Paulo, por meio do plantio de mil mudas da espécie.

Tudo começou com pesquisas de Alessandro, que há dez anos se dedica a estudar a orquídeas. Em um dos livros do botânico brasileiro Frederico Carlos Hohne, lhe chamou a atenção a afirmação da existência abundante da orquídea Cattleya loddigesii nas margens do Rio Pinheiros, entre as décadas de 1910 e 1920. As informações foram suficientes para convencer o orquidófilo a realizar o replantio.

Iniciado em 2014, o projeto contou com uma campanha de financiamento coletivo que possibilitou a compra das primeiras mudas. De lá para cá, a dupla já conseguiu realizar o plantio de 830 plantas, com a ajuda de mutirões e eventuais idas de bicicleta até o local. "No início do projeto, imaginávamos plantar mil orquídeas em dois meses, mas fomos entendendo que o mais interessante seria sentir e entender o processo com calma", explica Carolina.

Atualmente, o site conta com uma loja virtual onde é possível comprar mudas individuais e ajudar na continuação do projeto. Instaladas nas copas das árvores por meio de linhas de costura, um material biodegradável, muitas delas já possuem flores e indicam bons sinais de adaptação. "O primeiro objetivo era que as orquídeas florescessem. Mas outra alegria que surgiu durante o processo foi ver muitas pessoas pisando nas margens do Pinheiros, pela primeira vez em suas vidas, para amarrar as plantas. Não virar as costas para o rio que deu vida à nossa cidade se tornou também uma bandeira do projeto", comenta.

Para Carolina, a principal meta é tornar, com o passar do tempo, a reprodução da espécie livre da intervenção humana. Após completar a milésima orquídea no Pinheiros, a intenção é estender o projeto para outras cidades do país.

milorquideasmarginais.com