Com mais de 30 anos de carreira, o cabeleireiro Nelson Camassola decidiu que era hora de mudar o endereço de seu salão, de nome homônimo, para um espaço mais adequado em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. Chamou, então, a arquiteta Cristina Mioranza para o comandar o projeto de interiores. A intervenção acabou extrapolando a concepção do novo espaço e tornou-se, também, a reformulação de toda a identidade visual da marca.

Ao longo de 18 meses de amadurecimento, Cristina trouxe referências contemporâneas e sofisticadas, evidentes tanto no design de interiores quanto no novo logo. "Nelson já possuía uma fama consagrada, mas sentimos que, após todos esses anos, era hora de fazer algo novo. Para não continuar no passado, resolvi tirá-lo da zona de conforto", comenta a arquiteta.
 
O espaço de mais de 500 m² conta com lavatórios equipados com tratamentos relaxantes como cromoterapia. Massagem shiatsu e massagem roll-on também são opções para os clientes. Jardins verticais e aromas como o jasmim completam a ambientação do salão, pensada para agradar os clientes pelos sentidos.
 
"Se sentir bem não está no luxo, nem na ostentação, mas sim no conforto e no aconchego", acredita Cristina. Com revestimentos predominantemente neutros, em bege, marrom e cinza, a arquiteta encontrou o contraponto com o uso cores mais quentes. O laranja, que introduz a nova identidade do salão, ganhou destaque ao recobrir a escada e alguns móveis. Já o azul apresenta-se pontualmente em objetos e móveis, como nas poltronas Lola, de Salvatore Minuano.
 
O cuidado com a iluminação foi outra diretriz crucial durante o desenvolvimento do projeto. Além do sistema de lâmpadas LED, que inclui sensores programados para diminuir a intensidade quando necessário, aberturas zenitais com automação controlam a a luz natural.  Cristina ainda instalou o Pendente Corda junto à escada, recém-lançado pelo designer Guilherme Wentz.
 

c2arquitetos.com.br